10 Dicas para o ajudar a atingir com sucesso o seu design de nterior ideal
10 Dicas para o ajudar a atingir com sucesso o seu design de nterior ideal

Independentemente dos seus projetos de design, a Tarkett reuniu os melhores conselhos de design para o ajudar a realizar a decoração do seu lar. Da escolha dos pavimentos à pintura das paredes, as sugestões da Tarkett não são apenas funcionais, mas também elegantes. Nunca se divertiu tanto ao sujar as mãos! Divirta-se!

1 - Tirar as medidas ao seu espaço

Tire as medidas ao seu espaço e marque-as num plano. Em seguida, adicione formas recortadas dos seus móveis para encontrar a localização ideal na divisão. Isto irá ajudá-lo a determinar como as pessoas se movimentarão ou circularão na divisão.

2 – Identificar de onde vem a melhor iluminação natural

Identifique onde se encontra a melhor iluminação natural nesta divisão (das portas ou janelas) para planear onde colocar a iluminação artificial adicional.

3 – Planear o seu design de interior...

Deve planear o seu design de interior com base nos objetos, móveis ou até mesmo no pavimento. Escolha estes itens com base no estilo que inspira a sua escolha de decoração. Se está à procura de ideias, veja as tendências de design da Tarkett têm sempre algo para todos os gostos.

4 – Decidir as cores que quer utilizar

Em seguida, é melhor decidir as cores que quer utilizar na sala. Em geral, é preferível escolher apenas três cores. A seguir, pode tentar utilizar e adaptar estas - veja o ponto abaixo.

5 – Junte as cores escolhidas

Reúna vários materiais nestas cores para o ajudar a imaginar-se nesta futura decoração interior. Lembre-se de ter em conta os móveis, as cortinas, as paredes, os pavimentos e as portas... Ter algumas fotografias do seu quarto irá ajudá-lo a pensar no conjunto. Dessa forma, pode visualizar como as cores e os tons irão ficar no espaço.

6 - Comece pelas paredes

Quer escolha tinta ou papel de parede, as suas paredes irão certamente criar a cor principal na sala. Também pode deixá-los em branco neutro ou cinzento para destacar algumas cores utilizadas noutros lugares. É possível que tenha de ter cuidado para não as acentuar demasiado, pois podem chamar muita a atenção se não forem suficientemente equilibradas com outras tonalidades. Se optar por uma determinada cor, escolha um acabamento mate, que consegue esconder melhor pequenos defeitos. Se quiser fazer com que o seu quarto pareça maior, opte por cores claras ou brilhantes. Estabeleça um contraste entre as paredes e um teto branco para dar volume. Pode optar por um efeito mais profundo, por exemplo, ao criar um contraste de cores nas paredes opostas à iluminação natural. Pode variar a cor ao iluminar o tom à medida que se aproxima da luz e pintar a parede da janela de branco.

7 – Considerar o pavimento

Chegou o momento de considerar o pavimento. Nas suas amostras, escolha o material que deseja para revestir o pavimento. O vinílico, o laminado e a madeira têm uma variedade de diferentes decorações e designs para o ajudar na sua escolha. Seja qual for o padrão ou a textura que procura, tente escolher um pavimento que contraste ligeiramente com as suas paredes, por exemplo, dois tons mais claros ou mais escuros. Não se esqueça de pensar na forma como a luz natural interage na sua divisão. Os pavimentos envernizados ou mate terão efeitos bastante diferentes.

 

Se optar por um pavimento em parquet, certifique-se de que coloca as réguas paralelamente à luz dominante. No entanto, se a divisão for comprida, também pode decidir colocá-las no sentido do comprimento, em linha com o lado mais comprido da divisão.

8 - Posicionar a sua mobília

Depois de criar a decoração geral, posicione os seus móveis. Não deixe de experimentar combinações diferentes para ver o que funciona. Complete o design de interiores com objetos. Tenha cuidado para não sobrecarregar o espaço com demasiados objetos e, acima de tudo, pense no equilíbrio das cores. Por exemplo, uma imagem e um tapete podem criar mais 5% de cores vivas para dar personalidade a um espaço. Não se esqueça de que as cortinas são um importante adereço visual. O seu look é constante, porque o tecido não capta a luz da mesma maneira que outros materiais. Podem até oferecer-lhe a possibilidade de variar a sua iluminação através de redes ou de amarras de cortina.

9 – Dar prioridade à iluminação não natural

A iluminação desempenha um papel muito importante na divisão, modelando o espaço à noite e dando uma atmosfera especial ao espaço. Como as lâmpadas penduradas tendem a estreitar visualmente o espaço, dê-lhes prioridade onde existirem menos fontes de luz natural. Não se esqueça de planear tomadas elétricas suficientes. Ao instalar a iluminação, experimente variar a luz por toda a divisão. Pode adicionar interruptores que permitem ajustar a iluminação para criar diferentes ambientes de acordo com o seu estado de espírito.

 

Tenha cuidado com as luzes que ofuscam. Se as posicionar mais indiretamente, acrescentarão volume ao iluminar as paredes. Considere também projetores embutidos no teto para uma iluminação suave e mais direcionada. Podem ajudar a destacar um objeto ou mobiliário valioso, como uma mesa.

10 – Crie o seu próprio estilo

Seja qual for o conselho que seguir, crie o seu próprio estilo. Ao experimentar e ao mudar as coisas irá desenvolver o seu próprio estilo de design de interior! A internet está repleta de recursos visuais de fotógrafos profissionais e designers de interior: dê uma vista de olhos e inspire-se!